IoT : Os benefícios da tecnologia na agricultura

IoT : Os benefícios da tecnologia na agricultura

Internet das Coisas (IoT ), pode auxiliar os produtores a otimizarem a produção, reduzirem desperdícios e os gastos, além de ajudar na produção de massa para cultivar alimento limpo e sustentável.

A tecnologia IoT na agricultura, já está sendo usada há um tempo, gerando uma série de recursos que refletem em melhorias na produtividade e impactam nos resultados. O sucesso da tecnologia está ampliando a maneira como IoT é aplicada no campo e, ao longo dos próximos anos, veremos uma transformação na produção de alimentos.

Os desafios nas próximas décadas como as mudanças climáticas e condições extremas de temperatura, somado a demanda por alimentos, irão impactar a produção no campo. Segundo estimativas, até 2050 o mundo deverá ter quase 10 bilhões de pessoas.

Atualmente, com as práticas adotadas no campo, já é possível reduzir o desperdício e aumentar a produtividade inserindo a tecnologia baseada em IoT . Um dos exemplos mais práticos é a administração de fertilizantes, pois com a tecnologia, pode-se avaliar o solo, analisar a quantidade necessária e aplicar diretamente no local delimitado, utilizando a geolocalização por meio dos GPS.

As soluções de geolocalização da Telit e da Quectel auxiliam no mapeamento do status do solo que é monitorado pelos sensores ambiente (umidade, luz, composição). As fabricantes SensirionAnalog Devices e Kodenshi, possuem excelentes sensores para atender a demanda deste mercado.

A tecnologia já deu sinais de que pode ir muito além das tarefas mais comuns realizadas pelas máquinas. Na agricultura inteligente, o campo de cultivo passa a ser monitorado dia e noite com ajuda de sensores que vão coletar e processar os dados para identificar a evolução do cultivo, mapeando cada metro quadrado, identificando umidade do solo e do ar, temperatura, radiação solar, entre outras coisas. Além disso, há a implantação de estufas inteligentes monitoradas por sensores que proporcionam o ambiente ideal para o desenvolvimento de espécies, controle de pragas na lavoura com áreas mapeadas determinando o grau de infestação, e outros recursos já disponíveis.

Fabricantes como a Osram e Kodenshi tornam possível controlar a luz (cor e intensidade) do ambiente para aumentar a produção de alimentos indoor.

A tecnologia IoT, pode ser utilizada para uma série de tarefas no campo que vão auxiliar os produtores a otimizarem a produção, reduzirem desperdícios e os gastos, além de ajudar na produção de massa para cultivar alimento limpo e sustentável.

As aplicações IoT se destinam a várias operações e podem impulsionar outras tendências, como a agricultura biológica.

Macnica DHW possui consultores especializados nesse segmento e sensores com forte aplicabilidade para o setor agrícola.